Casamento e sexo

É relativamente nova a preocupação com a ausência de desejo no casamento. Nossas mães e avós com certeza não se preocupavam nenhum pouco com isso, afinal casamento era casamento e ponto! No século 21, o amor e o prazer sexual se tornaram primordiais na vida a dois e com isso foram criadas expectativas demais.
 
 
recém-casados
 

O casamento é o vilão?

 

  • Em pesquisa recente, feita com 8 mil pessoas entre 15 e 64 anos, divulgada pelo Ministério da Saúde, descobriu-se que 11% dos casados não fazem sexo há pelo menos 1 ano.
  • casal-infeliz-na-cama

  • Nos Estados Unidos, dados do General Social Survey, programa da Universidade de Chicago que monitora as mudanças na sociedade americana, revelam que 15% das pessoas que vivem sob o mesmo teto estão entre 6 meses e 1 ano sem manter relações sexuais.
  • Estudo realizado pela Universidade de Hamburg-Eppendorf, da Alemanha, revela que, no início do relacionamento, 60% delas querem sexo com frequência. Depois de quatro anos de união, este índice cai para 50%. Após 20 anos, chega a 20%. Entre os homens, o desejo permanece inalterado para 70% deles.
  • Outra pesquisa divulgada no Journal of Sexual Medicine, da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, apontou que 25% dos divórcios ocorrem devido à falta de desejo sexual.
  • casamento-filhos-e-sexo

  • A estabilidade e a rotina que chegam com o casamento acabam frustrando as expectativas quanto a satisfação sexual.
  • Depois de poucas horas de sono, da correria do dia a dia, dos inúmeros afazeres e preocupações, acabamos deixando a vida sexual de lado ou quando muito o sexo é feito como obrigação. Afinal quem é que chega ao fim do dia cheio de energia e desejo sexual?
  • Estressados e atormentados pela falta de tempo, homens e mulheres fazem malabarismo para criar os filhos, pagar contas, aumentar o patrimônio da família e estar no topo do ranking dos melhores no trabalho. O sexo, que era prioridade no início da vida afetiva, perde espaço para o cotidiano.
  •  
     
    falta-de-desejo-no-casamento
     

    Onde foi parar o desejo?

     

  • A certeza de posse e exclusividade leva ao desinteresse, por eliminar a sedução e a conquista. A familiaridade com o parceiro, associada ao hábito, pode provocar a perda do desejo sexual.
  • Algumas pessoas para se sentirem seguras, querem controlar o outro, o que sem dúvida é limitador e também responsável pela falta de tesão.
  • casal-sem-sexo

  • Na grande maioria dos casos não se trata de problema pessoal ou daquela relação específica, e sim fato inerente a qualquer relação prolongada, em que a exclusividade sexual é exigida.
  • Alguns fazem sexo sem vontade, só para manter a relação. Outros optam por continuar juntos, como se sexo não existisse. E ainda existem aqueles que passam anos se torturando por não aceitar se separar nem viver sem sexo.
  • Em geral, quando o sexo deixa o casamento, é porque o erotismo perdeu espaço. A libido foi vencida pelo dia a dia massacrante.
  •  
     
    causas-da-falta-de-desejo
     

    Possíveis Causas

     
    Para diagnosticar a falta de desejo como uma disfunção sexual, é preciso ter pouca ou nenhuma vontade de fazer sexo e isso se repetir em todas as relações sexuais. Existem fatores psicológicos e fatores físicos que podem justificar a disfunção. Se você está com o desejo sexual em baixa, saiba que não está sozinha. O problema, chamado pelos médicos de desejo sexual hipoativo, atinge 26% das brasileiras, sendo que somente 3% delas apresentam causas orgânicas e o restante, psicológicas. Homens e mulheres são diferentes em relação ao sexo, não em quantidade ou necessidade, mas sim na forma de estimular. A mulher precisa estar envolvida, sentir-se desejada. As preliminares são muito importantes para ela. Já o homem é mais direto e basta a visão do corpo ou o pensamento e já estão prontos.
     

    Fatores Psicológicos

     
    Auto estima
    Se a mulher olha para o espelho e não gosta de si, dificilmente vai aceitar que alguém goste dela. É necessário desenvolver a autoimagem. O importante é se aceitar e relaxar. A maioria dos homens não se preocupam com o corpo e sim a disposição da mulher para o sexo. Se a mulher olha para o espelho e não gosta de si, dificilmente vai aceitar que alguém goste dela. É necessário desenvolver a autoimagem.baixa-auto-estima
     
    Timidez e religião
    O ambiente em que a mulher foi educada pode atrapalhar sua sexualidade, dependendo de como o sexo foi apresentado para ela. Se foi reprimida, com histórias de que mulher não deve gostar de sexo, que é apenas para reprodução ou que é algo feio e sujo, provavelmente ela não vai encará-lo com naturalidade.
     
    Falta de conhecimento
    conhecendo-o-seu-corpoQuem não se conhece geralmente tem vida sexual pobre, pois não sabe pedir o que gosta. Se nós não nos conhecemos, imagine os homens. Não são muitos que conhecem o corpo de uma mulher e sabem e se preocupam em dar prazer a ela. Aproveite a hora do banho, com calma e sozinha, para se acariciar e descobrir áreas erógenas. Sem se conhecer, dificilmente atingirá o orgasmo e a pressão de atingí-lo ou não sentir prazer pode gerar a falta de desejo.
     
    Rotina
    O estresse do dia a dia, trabalho, trânsito, tarefas domésticas e filhos, muitas vezes, não deixa tempo (nem disposição) para cuidar de si mesma, olhar para dentro, prestar atenção no corpo e nos desejos. Tudo isso e ainda transar sempre do mesmo jeito, com dia marcado, sem surpresas e emoções novas pode tornar o sexo morno e desinteressante.conflito-entre-casal
     
    Conflitos e preocupações
    Brigas constantes, instabilidade financeira, problemas com a educação dos filhos e a falta de respeito entre o casal são ingredientes para acabar com o desejo sexual.
     
    Depressão
    Uma das características desse distúrbio emocional é a perda de interesse por atividades antes prazerosas (sair com as amigas, se divertir, transar).
     
     

    Físicos

     
    Antes de qualquer tipo de diagnóstico, o importante é investigar a parte física. As mulheres sofrem mais com os hormônios que influenciam bastante em algumas fases como gravidez, amamentação e menopausa.
     
    Hormônios
    balança-hormonalA testosterona é a principal responsável pelo desejo sexual de homens e mulheres. Já o estrógeno, hormônio sexual feminino, é um tipo de “ponte” da libido. Ou seja, ele reforça as características femininas e prepara o corpo para o sexo. Como o corpo trabalha em prol da procriação, as taxas do hormônio na mulher aumentam durante o período fértil, o que favorece o desejo, as chances de fazer sexo e a fecundação.
     
    Doenças na região pélvica
    Infecções urinárias, vaginais e doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), provocam dores e incômodo durante a relação. Por causa do desconforto, a pessoa passa a evitar o sexo.
     
     
    casal-e-o-desejo-sexual-na-cama-
     

    Em busca do desejo perdido

     

  • O erotismo é exclusivo da nossa espécie, e é nesta energia, vibrante e criativa, mobilizadora dos sentidos e da imaginação, que reside o elemento-chave para uma relação prazerosa.
  • casal-feliz-na-cama

  • Encontrar o equilíbrio entre a vida doméstica e o erotismo, tão necessário para fazer pulsar o casamento, é o grande desafio dos casais de hoje. O essencial é o casal saber resgatar o frisson. O erotismo em casa exige envolvimento, em um delicado balanço entre conhecimento e mistério, segurança e desconhecido, intimidade e privacidade.
  • De tempos em tempos, é preciso voltar a namorar, voltar a cortejar, voltar a se vender, seduzir e ser seduzido. O diálogo é importante, se não o tem, conquiste-o.
  • O mundo muda, e você também, seu marido, sua esposa, seu bairro e seus amigos. O universo está se modificando a cada segundo, nada é igual eternamente. Renove-se e crie uma nova relação com o seu parceiro!
  •  
     

     

  • Leia etapas de um relacionamento.
  • Não se culpe e não culpe o parceiro. Diálogo aberto e sem ressentimentos é o melhor.
  • Avalie o seu dia a dia e descubra o que te faz sentir o desejo sexual, pode ser um caminho.
  • Garanta que a saúde física esteja ok e pense em procurar ajuda psicológica, o seu bem estar vale muito.
  • Comentários

    Seja Exclusiva
    Receba nossas publicações em primeira mão, cadastre seu email no campo abaixo:

    FECHAR
    Web Design MymensinghPremium WordPress ThemesWeb Development

    E as férias estão chegando…

    festas-de-fim-de-anoNovembro passa tão rápido que quando dermos conta, já será Natal! Pensando em facilitar a vida neste período intenso e corrido, nós aqui na casa da Ana, publicaremos desde dicas para deixar a casa pronta para a grande ceia de Natal e Revellon até como ter as férias sonhadas. Estamos a praticamente 60 dias de 2016!!! Comecem a contagem regressiva...

    Melhor tomar um refresco…

    sombra-e-agua-frescaBem vinda Primavera!!! Mas fala sério, que calor foi esse? Uma amostra do verão em pleno início de primavera. Mas vale para nos prepararmos para o verão. Vem aqui, entre e veja as nossas dicas para o verão e também para a viagem tão esperada e sem gastar muito! verao-sol-e-mar

    Bem vindo na casa da Ana

    na-casa-da-ana-logoQue bom que você veio! Quando nos mudamos para uma casa nova, aos poucos, vamos dando a nossa cara aos ambientes e deixando a casa mais aconchegante e com o nosso jeito... Aqui não é diferente! Na casa da Ana completou 3 meses e já estamos com uma sala de visita nova. Estreamos o cantinho direito com a nova seção "Café com a Ana", assim poderei me sentir mais próxima de vocês e também receber algumas visitas. Adorei a sua companhia, venha sempre!!! Bjs Ana