Crise – como driblar

Parece que ficamos mal acostumados, afinal já tem mais de 20 anos que não passamos por uma turbulência tão forte na economia do país. Nem com a crise mundial de 2008, quando Estados Unidos e Europa ficaram na pior, sofremos como agora. Com dólar, preços e desemprego em alta, resta mudarmos alguns hábitos e nos mantermos firmes até chegarmos a um “céu de brigadeiro”.
 
 
crise-perigo-e-oportunidade
 

Crise e Oportunidade

 
Os dois lados da mesma moeda. Na língua japonesa, a palavra “crise” é formada por 2 ideogramas: perigo e oportunidade. Então não vamos nos abater pelo negativismo da situação. No mínimo a dificuldade momentânea nos força a repensar nossos hábitos e costumes, o que no mínimo pode nos melhorar como pessoas. Vamos ver como contornar alguns perigos e como aproveitar algumas oportunidades que o momento atual nos oferece.
 
 
perigo-risco-de-mudança-de-vida
 

Perigo

 
Ninguém quer perder o que já conquistou, seja sua independência financeira, seja conforto e status. Mas que tal encararmos como um jogo, onde voltamos algumas casas quando tiramos a carta “revés”, mas sabemos que o jogo continua e que em algum momento voltaremos a avançar. Não é fácil, mas temos algumas ações a tomar para passar pela turbulência com mais tranquilidade.
 

As contas não fecham

  • Não é fácil, o salário continua o mesmo, muitas vezes está até menor ou incerto, e tudo está mais caro, de comida a água e luz.
  • reduzindo-custos

  • Reveja os custos fixos – aluguel ou financiamento da casa, conta de luz, água, gás, alimentação, escola e transporte. Busque maneiras de reduzir alguns itens.
  • Classifique os gastos em: básico (morar, comer, locomover), imprescindível (escola, luz, agua, gás, remédios), importante (prestações, dívidas, educação), confortos (celular, internet, lazer) e supérfluos (carro novo, TV a cabo, viagens).
  •  

    Cortando gastos

  • Com os gastos classificados, vamos começar cortando 100% dos supérfluos, boa parte de alguns confortos, reduzindo o importante e revendo o imprescindível e o básico.
  • Reduzindo-gastos

  • Para reduzir o importante, podemos renegociar dívidas e financiamentos. Trocar o carro atual por um mais barato. O aluguel talvez seja menor em outro bairro. São algumas possibilidades.
  • O imprescindível e o básico podem baixar com algumas medidas como usar somente o necessário. Procurar uma escola mais em conta para as crianças. Economizar luz e água sempre é viável. Com planejamento e um cardápio bem elaborado, é possível baixar a conta do supermercado.
     

    Vivendo com menos

    vivendo-com-menos

  • Troque a refeição feita em restaurantes pelas caseiras sempre que possível, é mais barato.
  • Faça as contas e veja se usar o transporte público não é bem mais barato que manter um carro.
  • Não fique estressado, guarde uma verba para o lazer, mas dentro do possível crie programas alternativos, a cidade está cheia deles.
  •  
     
     
    crise-gera-oportunidade
     

    Oportunidade

     

    Vida sustentável

    Vida-sustentável

  • Reveja seus hábitos e costumes, descobrirá que há infinitas oportunidades.
  • Reflita sobre o que realmente precisa para viver bem, levando em conta o que de fato te faz bem.
  • Crie novos hábitos, saudáveis e sustentáveis.
  •  

    Pequenos gestos

  • Que tal trocar o carro e o táxi, e até mesmo o ônibus, por bicicleta? Na maioria das estações de metrô em São Paulo, você aluga a bicicleta em uma estação e devolve em um ponto mais próximo do seu destino.
  • trocar-carro-pela-bike

  • Existem lojas e sites que vendem produtos semi novos, em todos os segmentos e sites. Em alguns, você também pode trocar e vender o que não usa mais. Mude o seu pensamento a respeito de “reutilizar”, isso é positivo, é sustentável.
  • Outra troca saudável, é o passeio de fim de semana. Por que não trocar a visita ao shopping, que sempre acaba em compras e comidas pouco saudáveis e cara, por uma visita a um parque com muita natureza e um piquenique com alimentos saudáveis? Uma ótima pedida.
  •  

    Reduza, Reutilize e Recicle

  • Pois é, não me canso de citar os 3 R’s. A maior oportunidade em uma crise é reinventar, inovar e mudar.
  • reduzir-reutilizar-e-reciclar

  • Independente de crise, o planeta não suportará se continuarmos no ritmo atual de desperdício das fontes naturais, de emissão de tóxicos e geração de lixo.
  • Reflita antes de suas compras, seja qual for o segmento – É necessário? O que melhorará minha vida? O que acontecerá se eu não comprar? São perguntas que freiarão a compra impulsiva.
  •  
     

     

  • Leia Seja sustentável.
  • Pense que as turbulências são passageiras.
  • A mudança de hábitos ficam para sempre.
  • O dinheiro é importante, mas a vida é mais.
  • Comentários

    Seja Exclusiva
    Receba nossas publicações em primeira mão, cadastre seu email no campo abaixo:

    FECHAR
    Web Design MymensinghPremium WordPress ThemesWeb Development

    E as férias estão chegando…

    festas-de-fim-de-anoNovembro passa tão rápido que quando dermos conta, já será Natal! Pensando em facilitar a vida neste período intenso e corrido, nós aqui na casa da Ana, publicaremos desde dicas para deixar a casa pronta para a grande ceia de Natal e Revellon até como ter as férias sonhadas. Estamos a praticamente 60 dias de 2016!!! Comecem a contagem regressiva...

    Melhor tomar um refresco…

    sombra-e-agua-frescaBem vinda Primavera!!! Mas fala sério, que calor foi esse? Uma amostra do verão em pleno início de primavera. Mas vale para nos prepararmos para o verão. Vem aqui, entre e veja as nossas dicas para o verão e também para a viagem tão esperada e sem gastar muito! verao-sol-e-mar

    Bem vindo na casa da Ana

    na-casa-da-ana-logoQue bom que você veio! Quando nos mudamos para uma casa nova, aos poucos, vamos dando a nossa cara aos ambientes e deixando a casa mais aconchegante e com o nosso jeito... Aqui não é diferente! Na casa da Ana completou 3 meses e já estamos com uma sala de visita nova. Estreamos o cantinho direito com a nova seção "Café com a Ana", assim poderei me sentir mais próxima de vocês e também receber algumas visitas. Adorei a sua companhia, venha sempre!!! Bjs Ana