Fases da vida

Desde o nascimento até a maturidade, as pessoas passam por diversas fases. O mais curioso é, que de alguma forma, a maioria das pessoas passam por fases idênticas.Apesar disto, cada ser humano é diferente. O caráter e a personalidade é o que os diferem. Caráter é um conjunto de hábitos, quer positivos ou negativos formado desde o nascimento que diferem uns dos outros.

recem nascido

Fase 1 – Infância

É a fase que vai desde o nascimento até os 11 anos de idade. É um período de muita aprendizagem e novidades, pois é quando começa a descobrir o mundo à sua volta e as relações entre as pessoas; começamos a falar e a andar, geralmente iniciam os estudos, aprendem regras e limites. São bem dependentes de nossos pais.Durante o primeiro ano de vida, o ser humano aprende 50% de tudo que virá a aprender na vida e, no segundo ano, aprende mais 25%. Ou seja, nos dois primeiros anos de vida, o ser humano aprende 75% de tudo que um dia virá a aprender. Obviamente, parte desse aprendizado envolve aspectos motores e físicos como sentar, andar, mastigar, falar, etc., mas também aspectos de ordem emocional, intelectual e espiritual. Assim, ao terceiro ano de vida, grande parte do caráter já está formado e aos sete anos está concluído.* Há uma etapa de transição, entre a infância e adolescência, chamada de puberdade ou pré-adolescência que vai dos 9 aos 11 anos.
*Dados publicados em: Rockey, Ron e Nancy, Chosen (Nampa, Idaho: Pacific Press Publishing Association, 2001) p. 117.

educando crianças

4 dicas para educar as crianças

alimentando bebe1. Deixe que coma sozinha, a partir do primeiro ano de idade, mesmo que demore e se suje. Nada de aviãozinho, televisão ou barganha para que a criança coma, qualquer atitude que faça com que  coma sem prestar atenção na comida é ruim. Nunca insista para a criança comer, mas ofereça mais vezes o mesmo alimento em diversas refeições. Mantenha uma conversa agradável à mesa com o bebê ou criança , demonstrando interesse pelas sua reação.

saber dizer não2. Saiba dizer “não” e dê bronca quando realmente for preciso. Existem várias formas, a primeira e mais simples, é simplesmente dizer não. As pessoas precisam interpretar o “dizer não” como um ato de amor e não o contrário, como muitas vezes acontece. A criança que tem limites torna-se um adulto com capacidade de enfrentamento, com alto grau de tolerância a frustrações e, desta forma, é claro, uma pessoa mais feliz em seus diversos papeis. O “não” na hora certa proporciona o “sim” em grandes oportunidades.

mãe consolando filho3. Não negue a dor da criança. Quando a criança rala o joelho numa brincadeira a mamãe com toda boa intenção do mundo tenta amenizar a dor dizendo: “Não foi nada, já passou”. Fazendo assim, a criança acha que os pais não se sensibilizam a sua dor e tendem a procurar uma outra pessoa, deixando uma mágoa. Ou então, se for excessiva essa atitude dos pais a criança fica insegura aos seus sentimentos não entendendo se sente dor, raiva ou medo já que seus pais dizem que não é nada.

criança mimada4. Mimar não é bom. Fazer tudo pela criança, mesmo tarefas que já pode realizar sozinha, superprotegendo o filho, é prejudicial ao desenvolvimento social. Não critique ou elogie demais o seu filho. Não dê várias coisas sem a criança merecer. É importante fazer a criança entender que ela tem que cumprir as regras para ter o que ela quer. Ouça, fale com assertividade, olhe nos olhos e exija o mesmo respeito. Ensine-os a respeitarem todas as pessoas, independente de cor, raça, credo ou condição de vida. O bom senso é a melhor medida.

adolescentes

Fase 2 – Adolescência

Costuma ir dos 12 aos 20 anos de idade. Nessa fase, ocorrem muitas transformações no corpo e na mente. A adolescência se caracteriza pela instabilidade emocional, observada como altos e baixos no humor, pela consequente imprevisibilidade de reação, pela tendência à desobediência, manifesta pelo negativismo, pela oposição às autoridades instituídas. Tudo isso significa normalidade, significa padrão desejável de conduta. Para transformar-se em uma pessoa, o adolescente precisa psicologicamente se afastar do mundo dos pais, deixar de ser o bebê da mamãe e o filhinho do papai. A autonomia e a independência precisam ser conquistadas e, na maioria dos casos, isso se processa via confronto. Tem-se, por conseguinte, o “rebelde sem causa”, no qual o confronto é que verdadeiramente importa.

orientando adolescentes

Orientando o adolescente

 

  • Ouça, ele precisa de um interlocutor interessado e paciente; isso vai ajudá-lo a estruturar seus pontos de vista através de réplicas e tréplicas;
  • Diga “não” somente quando deve ser dito, exatamente naqueles pontos onde os pais acreditam que é super importante a interdição;
  • Ensine o a lidar com frustração e adiamento de desejos: aprendizados necessários em todas as etapas da vida;
  • Não insista, pais gostam de perguntar sobre amigos, namorado (a), por ansiedade e medo do que possa ocorrer com o filho, mas o adolescente detesta ser interrogado; numa relação de confiança eles acabam fazendo suas revelações espontaneamente;
  • Não deve tolerar mentiras, eles não precisam contar aos pais tudo o que lhes acontece. Entretanto, mentiras não devem ser toleradas em qualquer idade;
  • Esforcem-se para manter uma relação aberta, espontânea, de confiança e tolerância com seu adolescente, sabendo que ele atravessa uma fase de vida complicada e importantíssima para seu desenvolvimento futuro;
  • Seja firme sem perder a ternura. Ser autoridade é diferente de ser autoritário

http://www.sbcoaching.com.br/blog/wp-content/uploads/2013/05/trabalho-como-se-portar.jpg

Fase 3 – Vida Adulta

Consideramos que a fase adulta se inicia aos 21 anos de idade e vai até os 65 anos. As mudanças na adolescência já se estabilizaram, e a responsabilidade aumenta bastante. Chamamos de juventude o período de transição da adolescência para a vida adulta que vai até os 25 anos. A vida adulta constitui-se na fase mais ativa e longa dentro da sociedade. Ser adulto pressupõe ter estabilidade emocional, financeira, definição de identidade profissional, social e assumir a responsabilidade pelo seu projeto de vida. Na idade adulta, os relacionamentos afetivos são mais estáveis, há independência, responsabilidade pelo que faz jurídica e emocionalmente, encara as próprias escolhas com danos, perdas e lida com isso sem culpar ninguém.

Características da vida adulta.

 

  • Os desafios são lidar com as frustrações, com os medos, as inseguranças e o fracasso.
  • O aprender é de maneira diferente das crianças e dos jovens, pois tem a experiência, como a mais rica fonte para o aprendizado e aprender pode mexer com conceitos e pré–conceitos.
  • A resistência torna-se maior ao aprendizado, a dúvida e o medo do desconhecido, chegando a bloquear totalmente a capacidade de aprender, de mudar comportamento e atitude e aplicar novos conhecimentos no dia a dia.

http://3.bp.blogspot.com/-JKpRM0F4lj4/UPAbmWDyKaI/AAAAAAAAJMQ/_vrvzmgRTno/s1600/casal+idoso+tango.jpg

Fase 4 – Maturidade

Também chamada de terceira, ou melhor idade. Consideramos que a fase da maturidade se inicia a partir dos 65 anos. O conceito de maturidade é tirado da própria natureza e refere-se à evolução que chega ao fim previsto. Amadurecer é progredir em direção a uma meta. Diferentes pesquisas comprovaram a existência de uma correlação positiva entre o maior número de atividades realizadas pelos indivíduos e o maior grau de satisfação com sua vida de idoso. Há uma crítica também das categorizações e modelos de velhice, que podem até marginalizar a pessoa idosa. Constata-se  que o homem senil caracteriza-se pela diminuição de suas capacidades e, por conseguinte, pela dependência dos demais.

Características da maturidade

 

  • Há alterações físicas e biológicas normais que acontecem com o passar dos anos como o desgaste, surgindo problemas crônicos e doenças.
  • As mudanças de papel na sociedade é o que mais afeta as pessoas idosas. Estas mudanças fazem com que  estas pessoas sintam-se desvalorizadas, inúteis, abandonados e sozinhos.
  • Fonte de sabedoria, com sua grande experiência de vida profissional, social, emocional, psicológica, que possibilita aos jovens oportunidades de compartilhar saberes. Por isso, no Oriente os idosos são tão valorizados, pois são eles que os mais novos terão para se informar, sempre que precisam de opiniões.

 

  • Leia como lidar com os adolescentes.

 

  • Aproveite ao máximo a fase em que seu filho se encontra, as crianças podem dar trabalho e cansaço. Os adolescentes trarão os questionamentos e preocupações, mas tudo passa bem mais rápido que imaginamos.
  • Compartilhe atividades que sejam prazerosas para toda a família.
  • Entre no mundo do faz de conta com as crianças e apoie o adolescente em suas ideias.
  • Crie uma vida para você mesma, independente da idade, o mais importante é estarmos satisfeitos.

Comentários

Seja Exclusiva
Receba nossas publicações em primeira mão, cadastre seu email no campo abaixo:

FECHAR
Web Design MymensinghPremium WordPress ThemesWeb Development

E as férias estão chegando…

festas-de-fim-de-anoNovembro passa tão rápido que quando dermos conta, já será Natal! Pensando em facilitar a vida neste período intenso e corrido, nós aqui na casa da Ana, publicaremos desde dicas para deixar a casa pronta para a grande ceia de Natal e Revellon até como ter as férias sonhadas. Estamos a praticamente 60 dias de 2016!!! Comecem a contagem regressiva...

Melhor tomar um refresco…

sombra-e-agua-frescaBem vinda Primavera!!! Mas fala sério, que calor foi esse? Uma amostra do verão em pleno início de primavera. Mas vale para nos prepararmos para o verão. Vem aqui, entre e veja as nossas dicas para o verão e também para a viagem tão esperada e sem gastar muito! verao-sol-e-mar

Bem vindo na casa da Ana

na-casa-da-ana-logoQue bom que você veio! Quando nos mudamos para uma casa nova, aos poucos, vamos dando a nossa cara aos ambientes e deixando a casa mais aconchegante e com o nosso jeito... Aqui não é diferente! Na casa da Ana completou 3 meses e já estamos com uma sala de visita nova. Estreamos o cantinho direito com a nova seção "Café com a Ana", assim poderei me sentir mais próxima de vocês e também receber algumas visitas. Adorei a sua companhia, venha sempre!!! Bjs Ana