Ibirapuera por Judith Brito

Divirtam-se, mais uma vez, com Judith Brito.
 
 

Ibirapuera

 
arvores-do-ibirapuera Uma das coisas que lamento é não conseguir usufruir como deveria de um parque considerado dos melhores da América Latina: o Ibirapuera, na cidade de São Paulo. Trata-se de um parque ancião, com mais de 60 anos, e nesta longevidade está uma de suas belezas. Árvores enormes parecem exigir respeito, deixando claro que resistem bravamente ao caos paulistano e ajudam a contrabalançar o peso da selva de pedras. Contradizem, em sua imponência, o significado da palavra Ibirapuera (árvore apodrecida). O conjunto é de uma harmonia que faz pensar: a vida vale a pena! Pau-brasil, tamareiras, carvalhos, cabreúvas, paus-marfim entre alecrins, bambus e marias-sem-vergonha. Sabiás e borboletas.
 
caminhada-no-parque Moro perto, mas raramente faço um dos meus programas favoritos: andar, nos finais de semana, costurando pelo patchwork social que são as alamedas coalhadas de gente. É um prazer passar ao lado de pessoas tão diferentes e tentar adivinhar suas histórias de vida, durante os breves momentos em que posso vislumbrar cada rosto e cada corpo.
 
 
 
gente-passeando-no-IbirapueraTanta gente jovem ou madura, alta ou baixa, gorda ou magra, negra ou branca, rica ou pobre, séria ou sorridente. Há os exibicionistas com suas roupas coloridas de fitness e músculos esculpidos por Da Vinci, como deuses gregos (ou seriam só fruto de anabolizantes?). Há os que apenas almejam essa perfeição – e alguns precisariam passar os próximos três anos dando voltas no parque para chegar a um peso razoável.
 
 
passeando-com-cachorro Há os que puxam seus cachorros incrivelmente parecidos com os donos, como se houvesse gente da espécie poodle ou boxer ou os da raça dos elegantes galgos. Há os casais sexagenários ostentando um improvável amor longevo; ou casais de jovens ligados por amores novos em folha, na alegre aposta da eternidade; ou os casais gays, felizes por sua aceitação em meio à multidão anônima.
 
 
 
parque-ibirapuera Há as crianças trôpegas por alamedas incertas, e os jovens que seguem modismos, com seus cabelos vermelhos, espetados, roupas pretas; ou os novos islâmicos coxinhas, com suas barbas milimetricamente aparadas. Os patinadores, os skatistas e os ciclistas num balé arriscado e, em geral, preciso (nunca entendo como não se chocam…).
 
 
 
lago-do-ibirapuera De um lado, patos e tartarugas no lago; de outro, uma orquestra (Mozart aprovaria). Um pipoqueiro pra cá, pra lá um museu que me faz lembrar de quando eu levava meu filho, ainda pequeno, para ver obras de arte moderna, como cadeiras dispostas em círculo. E ele bradava, para me deixar constrangida: “Mas isso eu também sei fazer!”.
 
 
 
 
swordplay-ibirapuera De um lado, jogos de vôlei no gramado. De outro, um piquenique barulhento. Como se não bastasse a profusão de imagens, sons e cores, os jovens agora se sentem à vontade para voltar ao passado. Há os grupos de lutas medievais (swordplay), com suas roupas próprias e armas, espadas e machados – felizmente, falsos, de pvc e espuma. Enfim, uma luta que vale a pena: num lindo jardim e, ao final, os “mortos” podem aplaudir os vencedores.
 
 

A escritora

 
judith britoJudith Brito tem 57 anos, nasceu em Itatiba, São Paulo. É autora dos livros “Mãe é Mãe” (Publifolha), “Ah! O amor” (Publifolha), “A metade ideal” (Sá Editora) e “Causos Itatibenses” (Tuva Editora).
 
 

 

  • Leia Culpa sustentável por Judith Brito.
  • O Parque do Ibirapuera é um dos símbolos da cidade.
  • Domingo no Ibira é o típico passeio paulistano.
  • O Parque é um espelho da cidade e seus habitantes, cheio de contrastes, riquezas e intensidade.
  • Comentários

    Seja Exclusiva
    Receba nossas publicações em primeira mão, cadastre seu email no campo abaixo:

    FECHAR
    Web Design MymensinghPremium WordPress ThemesWeb Development

    E as férias estão chegando…

    festas-de-fim-de-anoNovembro passa tão rápido que quando dermos conta, já será Natal! Pensando em facilitar a vida neste período intenso e corrido, nós aqui na casa da Ana, publicaremos desde dicas para deixar a casa pronta para a grande ceia de Natal e Revellon até como ter as férias sonhadas. Estamos a praticamente 60 dias de 2016!!! Comecem a contagem regressiva...

    Melhor tomar um refresco…

    sombra-e-agua-frescaBem vinda Primavera!!! Mas fala sério, que calor foi esse? Uma amostra do verão em pleno início de primavera. Mas vale para nos prepararmos para o verão. Vem aqui, entre e veja as nossas dicas para o verão e também para a viagem tão esperada e sem gastar muito! verao-sol-e-mar

    Bem vindo na casa da Ana

    na-casa-da-ana-logoQue bom que você veio! Quando nos mudamos para uma casa nova, aos poucos, vamos dando a nossa cara aos ambientes e deixando a casa mais aconchegante e com o nosso jeito... Aqui não é diferente! Na casa da Ana completou 3 meses e já estamos com uma sala de visita nova. Estreamos o cantinho direito com a nova seção "Café com a Ana", assim poderei me sentir mais próxima de vocês e também receber algumas visitas. Adorei a sua companhia, venha sempre!!! Bjs Ana