Não somos mulheres maravilhas

Se ainda acredita, mesmo que seja lá no fundo, que Mulheres Maravilhas existem e que você pode ser uma delas, desculpe estragar seus sonhos. Todas as mulheres podem ser maravilhosas, mas não são a prova de tudo. Elas são as mais preocupadas e atenciosas com os outros, mas quando se trata delas próprias, são as mais negligentes. Por que sempre o outro é mais importante ou tem mais urgência que nós mesmas? Se existe uma coisa que nenhuma mulher pode negligenciar  é a saúde. Com o passar dos anos, os cuidados precisam ser redobrados.
 
 
mulher polvo
 

Cresce a incidência de doenças entre as mulheres

 
Nos último 30 anos, o perfil da mulher mudou muito com relação ao trabalho que foi acrescentado à rotina de cuidados com a casa e com os filhos, aumentando a carga diária trabalhada. Diante do cenário já usual do mercado de trabalho, a competição é fator predominante. A competição gera ansiedade. E a maioria das pessoas busca em outras atitudes a amenização dessa sensação que incomoda, como comendo mais, bebendo, fumando ou trabalhando durante longos períodos sem descanso. Acostumadas a acumular funções, mulheres estão mais suscetíveis ao infarto. Além desses ocorridos a mulher tem duas fases com riscos diferentes: Antes da menopausa, estão menos suscetíveis às doenças cardiovasculares por ainda contarem com a proteção dos hormônios, os estrógenos. Pós-menopausa há um aumento enorme de risco em relação às doenças, uma vez que, além dos fatores naturais oriundos do envelhecimento, a mulher não conta mais com a proteção natural dos seus hormônios e fica consideravelmente mais sensível e desprotegida, vulnerável às doenças cardiovasculares e outras, como diabetes e depressão. Importante ressaltar que mesmo no período antes da menopausa, caso se descuidem de fatores de risco, como obesidade, hipertensão e tabagismo, a incidência de doenças cardiovasculares pode aumentar significativamente.
 
 
cancer de mama
 

As 4 doenças que mais nos afetam

 

1. Doenças Cardiovasculares

 
doenças cardiovasculares em mulheresEnglobam as enfermidades que alteram o funcionamento dos vasos sanguíneos. Entre as mais comuns estão o infarto do miocárdio, a angina de peito, a arteriosclerose e os acidentes vasculares cerebrais (AVC). Cerca de 15 milhões de pessoas morrem no mundo a cada ano vitimadas pelas doenças cardiovasculares (DCV), o equivalente a 30% do total de óbitos no planeta. Apesar de no Brasil a maior incidência ser em homens, vem aumentando o número de vítimas entre as mulheres.
 

  • Sintomas: As mulheres apresentam sintomas como dores nas costas, cansaço aos esforços, fraqueza, dores gástricas e falta de ar. Os sinais nas mulheres são menos evidentes e podem ser facilmente confundidos com outras doenças, ocasionando uma demora na identificação de um problema cardiovascular.
  • Fatores de risco: Tabagismo, estresse, vida sedentária, hipertensão arterial e obesidade, quando a mulher é fumante e usa pílula anticoncepcional, os riscos cardiovasculares são triplicados.
  • Prevenção: Prevenir e tratar o Diabetes, praticar exercícios físicos regulares, manter uma alimentação equilibrada, eliminar o fumo, manter níveis saudáveis da pressão arterial, reduzir os níveis de triglicérides e do colesterol ruim (LDL), acompanhar semestralmente através de exames de sangue.
  •  
     

    2. Câncer

      
                                                                                                 
    celulas cancerigenasEm 2014, para o Brasil foi previsto aproximadamente 400 mil novos casos de câncer, sendo 48% deles em mulheres. Os principais tipos responsáveis pela maior taxa de mortalidade entre mulheres são o de mama, de pulmão, de estômago, de fígado, de cólon e de colo de útero. Estima-se que 30% dos tumores possam ser diagnosticados precocemente e 40% dos casos de câncer de pulmão podem ser evitados com a eliminação do tabagismo. O câncer de mama é o que mais atinge as mulheres. A doença é mais rara em mulheres de faixa etária abaixo dos 35 anos, mas acima dessa idade o risco de incidência aumenta a cada ano.
     

  • Sintomas: Mama – aparecimento de nódulo ou tumor no seio, podem surgir alterações na pele das mamas como abaulamentos, retrações e aparência semelhante à casca de uma laranja, além da presença de nódulos palpáveis na axila. Pulmão  – os sintomas iniciais são facilmente confundidos com doenças comuns, como tosse, falta de ar, chiado no pulmão, sangue no escarro e dor no peito. Perda rápida de peso e de apetite também são sinais de alerta. É importante estar atenta a qualquer alteração da normalidade e em qualquer órgão.
  • Fatores de risco: Fator genético, menarca precoce, menopausa tardia, a não ocorrência de filhos, gravidez após os 30 anos,  ingestão regular de álcool, uso de contraceptivos orais durante muitos anos e tabagismo. Os efeitos nocivos do fumo que a princípio está relacionado ao câncer de pulmão, também tem relação com outros tipos de câncer, pois a nicotina altera o núcleo das células e assim elas se proliferam com anomalias pelo organismo.
  • Prevenção: Na maioria dos casos onde o fator de risco não é controlável, o diagnóstico precoce é a maneira mais eficiente, pois o tratamento apresentará maior probabilidade de cura/controle no início da doença. Nos demais fatores, acompanhamento e controle de medicamentos, alimentação saudável  e eliminação do tabagismo.
  •  
     

    3. Doenças Infecciosas

     
    vírus hpvEntre as mais incidentes nas mulheres está o HPV (Papiloma Vírus Humano). Pesquisas apontam que 50 a 80% das mulheres sexualmente ativas serão infectadas por um ou mais tipos de HPV em algum momento de suas vidas. Trata-se da doença sexualmente transmissível mais comum entre o sexo feminino e fator de risco para o câncer de colo de útero. Estima-se que esteja presente em 90% dos casos da doença. De acordo com o Ministério da Saúde, pode haver redução de cerca de 80% da mortalidade por este câncer, entre mulheres na faixa etária de 25 a 65 anos, com exames regulares preventivos.
     

  • Sintomas: Verrugas de tamanhos variáveis surgem na vagina, vulva, região do ânus e colo do útero. As lesões do HPV também podem aparecer na boca e na garganta. Também pode aparecer como infecções na vulva, períneo, colo uterino, vagina e região perianal. Tanto o homem quanto a mulher podem estar infectados pelo vírus sem apresentar sintomas.
  • Fatores de risco: O contágio se dá pelo atrito de pele com pele ou da pele com mucosa infectada, não sendo obrigatório a penetração para que ocorra a contaminação. O mal pode aparecer em todas as idades, o vírus pode ficar latente durante muitos anos e aflorar quando a imunidade do organismo estiver em baixa.
  • Prevenção: Uso de preservativo durante o ato sexual, exames periódicos como o Papanicolau e  a vacina.
  •  
     

    4. Diabetes

     
    diabetesA doença se caracteriza pela falta de insulina no organismo, um poderoso transmissor, responsável por processar a glicose, o combustível que faz nosso corpo funcionar a todo vapor. O diabetes pode se manifestar em duas versões: o tipo 1, mais comum na idade infantil e na adolescência, está ligado a uma auto imunização do organismo às células beta do pâncreas, logo a insulina deixa de existir. No diabetes tipo 2, o corpo produz insulina, mas as células não conseguem metabolizá-la de forma eficiente. O tratamento do diabetes tipo 1 consiste basicamente na aplicação diária de insulina, uma vez que o organismo não produz mais o hormônio. O diabetes tipo 2 também exigirá medicamentos que estimulem a produção de insulina e o façam funcionar melhor.
     

  • Sintoma: Perda de peso, aumento da sede, fome exagerada e vontade de urinar diversas vezes ao dia, visão embaçada, infecções repetidas na pele ou mucosas; demora na cicatrização, cansaço inexplicável entre outros.
  • Fatores de risco: Sobrepeso, obesidade, idade superior a 45 anos, sedentarismo, pais ou irmãos com diabete, pressão arterial igual ou superior a 140/90 mmHg, ter recebido o diagnóstico de diabetes gestacional entre outros.
  • Prevenção: Prática de atividades físicas frequentes, dieta equilibrada com poucas gorduras, muitas fibras e poucas calorias, controle do peso e exames regulares dos níveis de glicose no sangue.
  •  
     
    habitos saudaveis
     

    Nem tudo é doença

     
    Hábitos saudáveis garantirão um futuro melhor, nunca é tarde ou cedo demais para começar. Mais atenção a alimentação, atividades físicas frequentes, tempo para o lazer com coisas que dão prazer, diversão, horas de sono suficientes e nada de se sobrecarregar. Não precisa se desesperar com um sintoma isolado, mas é muito importante a visita anual, para quem ainda não chegou aos 40 anos e semestral para quem já passou dos 40, ao ginecologista. Peça a ele que solicite também os demais exames para prevenir doenças cardiovasculares, câncer, diabetes entre outras.
     
     

     

  • Leia sentir-se bem não tem preço.
  • Abandone o cigarro urgentemente, e aconselhe amigas, filhas e familiares a não iniciarem ou largarem também, como vimos ele é o grande vilão.
  • Tire um tempinho para você todos os dias, a correria é uma armadilha, relaxe e desfrute de atividades prazerosas.
  • O futuro depende das nossas ações no presente, então quanto antes começarmos com hábitos saudáveis e cuidados melhor será nossa vida.
  • Não sou profissional da área de saúde, sou apenas pesquisadora. Procuro sempre fontes confiáveis como profissionais renomados, universidades e hospitais do Brasil e do mundo para buscar minhas referências.
  • Comentários

    Seja Exclusiva
    Receba nossas publicações em primeira mão, cadastre seu email no campo abaixo:

    FECHAR
    Web Design MymensinghPremium WordPress ThemesWeb Development

    E as férias estão chegando…

    festas-de-fim-de-anoNovembro passa tão rápido que quando dermos conta, já será Natal! Pensando em facilitar a vida neste período intenso e corrido, nós aqui na casa da Ana, publicaremos desde dicas para deixar a casa pronta para a grande ceia de Natal e Revellon até como ter as férias sonhadas. Estamos a praticamente 60 dias de 2016!!! Comecem a contagem regressiva...

    Melhor tomar um refresco…

    sombra-e-agua-frescaBem vinda Primavera!!! Mas fala sério, que calor foi esse? Uma amostra do verão em pleno início de primavera. Mas vale para nos prepararmos para o verão. Vem aqui, entre e veja as nossas dicas para o verão e também para a viagem tão esperada e sem gastar muito! verao-sol-e-mar

    Bem vindo na casa da Ana

    na-casa-da-ana-logoQue bom que você veio! Quando nos mudamos para uma casa nova, aos poucos, vamos dando a nossa cara aos ambientes e deixando a casa mais aconchegante e com o nosso jeito... Aqui não é diferente! Na casa da Ana completou 3 meses e já estamos com uma sala de visita nova. Estreamos o cantinho direito com a nova seção "Café com a Ana", assim poderei me sentir mais próxima de vocês e também receber algumas visitas. Adorei a sua companhia, venha sempre!!! Bjs Ana